Capítulo 21 - Tenho que treinar!

Olá! Estive a pensar no prémio das vencedoras (sim, porque vai haver mais que uma, mas a principal é do 100º comentário. :P) e já sei o que é que vai ser. Eu não sei se vocês vão gostar mas espero que sim. Vou tentar ser muito original nesta cena do prémio! ;) Bem, não sei se repararam, mas eu estou a dar-vos a oportunidade de conhecerem um bocado mais as personagens e de elas terem um bocado mais de "estrelado"! xD Este capítulo é contado pelo Francisco e espero mesmo que gostem. Neste capítulo eu tentei fazer um bocado de suspense mas eu não sei se consegui. Bem espero que gostem! :)

 

 

 

P.O.V. Francisco


Não fiquei triste, nem desiludido com o que a Camila disse, fiquei mesmo chateado! É claro que ela é importante para mim, mas é claro que o Basketball é mais importante! Afinal, ela não é o meu sonho, o Basketball é que é o meu sonho! Ela tinha que perceber isso. Se ela amanhã não me falar, também não vou ser eu a falar com ela.

 

Levantei-me. Tinha mais que fazer como por exemplo “matar-me” a treinar. Fui a correr até ao canto onde estava a bola e agarrei-a. Comecei a driblar até ao cesto, saltei e dei uma pirueta no ar, mas não acertei no cesto! Qual era o meu problema?! Não acertei um a temporada toda! Mandei a bola com toda a força ao chão.

 

- Merda! – A bola saltou e eu sentei-me nas bancadas com as mãos na cabeça e os cotovelos apoiados nos meus joelhos. Levantei a cabeça e fiquei a olhar para o campo. Se a Camila não tem sonhos a cumprir, isso é com ela, eu tenho, e quero cumpri-los todos!

Voltei a levantar-me e agarrei outra vez na bola. Driblei de um lado ao outro do campo e quando cheguei ao cesto do outro lado saltei, mas mais uma vez a bola não entrou. Não me importei, corri outra vez até ao outro lado do campo e desta vez não saltei, fiz a passada e mandei a bola para a tabela. Entrou direitinha no cesto.

 

- Boa! – Disse eu enquanto encolhia o cotovelo. Sorri e mandei-me para o chão do campo de costas. – Au! – Senti uma dor nas omoplatas, mas depois passou. Fechei os olhos e imaginei-me num jogo oficial de Basketball, eu estava com a bola e era eu a marcar o cesto para o empate. Driblei até ao cesto, saltei, dei uma pirueta e enfiei a bola dentro do cesto. O estádio começou ao rubro e o resto da equipa levantou-me.

Continuava com os olhos fechados e deitado no chão, quando ouvi a porta do ginásio a abrir-se e pensei que fosse a Camila, arrependida por me ter dito aquilo. Sorri. Até que ouvi uma voz que não era da Camila.

 

- Porque é que estás deitado no chão? – Disse ela a rir. Levantei-me e olhei para ela. Fiquei espantado. Desde quando é que eu e ela nos damos?

 

PS: Agora quero ver os comentários aí em baixo ↓ a dizerem quem é que vocês acham que é a rapariga! ;)

publicado por Find Who It Is às 18:47 | link do post | comentar | ver comentários (6)