Capítulo 2 - Revelações

Olá! Portanto, este é o segundo capítulo da minha fic. Eu sei que ainda não tiveram tempo de comentar nenhum dos meus novos “posts”, mas espero que, comentem, quando acabarem de ler.

 

 

 

- Olá. – Disse ele. Ele estava sentado na borda da piscina com as pernas cruzadas á chinês.

 

- Hum, posso? – Apontei para o chão ao lado dele.

 

- Claro! – Sentei-me também de pernas cruzadas á chinês. – O que é que estás aqui a fazer?

 

- Estava com insónias, e tu? – Olhei para a lua, estava linda.

 

- Também. – Olhámos um para o outro. – Gostas de vir aqui?

 

- Gosto, claro! Mas como é que sabes? – Olhei com um ar confuso para ele.

 

- Não é complicado, vejo-te sempre aqui. – Ele riu-se.

 

- Hum…Pois… - Disse eu com um ar envergonhado.

 

- E também te costumo ver nas peças de teatro aqui do bairro. – Agarrou num bocado de cabelo que me tinha caído para a frente da cara e meteu-me atrás da orelha.

 

- Ah, sim, é possível. – Disse eu a corar cada vez mais. – Também já te vi aí na rua, com o Gustavo.

 

- Ah, sim, o Gustavo! Ele é bom rapaz. – Disse ele a sorrir. Nunca tinha reparado mas o sorriso dele é simplesmente, perfeito. Olhámo-nos um bocado nos olhos e ele aproximou-se mais um bocado da minha cara. Foi-se aproximando e aproximando, até os seus lábios tocarem nos meus. 

. Meteu-me uma das mãos na cara e a outra na cintura e puxou-me com força para ao pé dele. Eu agarrei no cabelo que estava na nuca dele e soltei um gemido. Afastámo-nos e ambos ficámos ofegantes.

 

- Hum…Okai…É melhor…Hum…Eu ir para casa. – Disse eu e levantei-me. De repente senti uma mão forte a agarrar-me o ante braço.

 

- Espera… - Disse ele suavemente. 

 

- Diz. – Disse eu a olhar para os olhos azuis dele. Ele largou-me.

 

- Amo-te. – Disse ele.

 

sinto-me: Espantado/a
publicado por Find Who It Is às 18:02 | link do post | comentar | ver comentários (2)