Sexta-feira, 27.01.12

Capítulo 13 - Loucuras

Olá! HOje consegui acabar mais um capítulo! :) Pessoalmente, acho que está incrível, mas vou deixar ao critério das leitoras da fic! ;) Espero que gostem e deixem muitos comentários aí em baixo ↓!

 

 

 

P.O.V. Viviana

 

-Oh Meu Deus! O que é que estás aqui a fazer?! – Eu exclamei em voz alta e empurrei-o para um cantinho que ficava entre a cabana do segurança e muro alto da escola.

 

- Que foi, não ficas-te contente? – Ele disse aquilo com um sorriso sedutor e meteu-me as mãos na cintura.

 

- Sim, fiquei, mas vieste á minha escola?! – Comecei a olhar em redor a ver se alguém estava a olhar para nós.

 

- Qual é o mal?! – Ele largou-me e disse aquilo com ar zangado.

 

- Tu esqueces-te das coisas muito rapidamente, Gonçalo.

 

- Eu quero lá saber da tua amiga. – Disse ele a tentar beijar-me.

 

- Não, mas eu quero! Se ela me apanha contigo, nunca mais me perdoa. – Baixei a cabeça triste. Como é que eu podia estar a mentir á minha melhor amiga?! Aquilo era pior do que eu imaginava.

 

- Vá lá amor, não fiques triste. – Ele levantou-me a cabeça cuidadosamente. – Desculpa. É só que…Ás vezes gostava de estar contigo sem teres de te preocupar sempre com alguém!

 

- A culpa é minha, eu devia ter-lhe dito que não ia desperdiçar uma oportunidade assim. – Beijei-o com força.

 

- Como se eu fosse assim tão bom partido. – Ele riu-se.

 

- E és mesmo! – Eu sorri.

 

- Eu não sou nada comparado contigo, amor. – Ele beijou-me suavemente. Sorri e beijei-o.

 

Enrolei os braços em volta do pescoço dele, ele meteu as mãos á volta da minha cintura e encostou-me contra a parede. O beijo ficava cada vez mais intenso. Eu tirei uma das mãos do pescoço dele, levei-a até á sua nuca e agarrei o cabelo dele. Ele soltou um gemido. As nossas línguas tocaram-se. Por fim, afastámo-nos e ficámos os dois ofegantes.

 

- Uau! Pareces uma cadela no cio! – Disse ele na brincadeira.

 

- Hei! – Disse eu e dei-lhe um leve empurrão no ombro.

 

- Estava só a brincar, amor. – Ele riu-se e deu-me um beijo. – Hum…Queres ir para outro sítio?

 

- Hum…Não posso, tenho aulas. – Olhei para o relógio de pulso dele. Por aquela hora a minha professora devia estar a sair da sala.

 

- Porque é que não faltas? – Ele perguntou aquilo com a maior calma do mundo.

 

- Porque não! – Disse eu a olhar para ele com os olhos mais esbugalhados do que um peixe.

 

- Porque não? Não queres passar a tarde comigo? – Ele piscou-me o olho de maneira desafiadora.

 

- Quero, mas Gonçalo, eu não posso faltar! – Eu olhei para ele a rir.

 

- Anda lá! Tinha tantos planos para hoje. – Ele agarrou-me na cintura.

 

- Bem… - Ponderei um bocado. A Sara iria perguntar onde é que eu tinha ido e eu tinha de lhe mentir mais uma vez, mas o Gonçalo é o meu namorado(?). – Está bem! Mas só com uma condição!

 

- Qual? – Disse ele a sorrir. Parecia uma criança que ia a uma loja de doces com 5 euros.

 

- Tens de me levar a casa antes das aulas acabarem.

 

- Está bem, já podemos ir? – Ele fez sinal com a mão para eu passar.

 

-Eu não sei onde é que queres ir, para ter tanta pressa.

 

- Á escola, não é. – Ele riu, meteu o braço á volta dos meus ombros e deu-me um beijo rápido na boca…

 

 


publicado por Find Who It Is às 23:46 | link do post | comentar | ver comentários (2)

Capítulo 12 - Complicações

Olá! Eu disse que o capítulo 12 já vinha a caminho e aqui está ele! Este demorou assim muito tempo, porque apagava sempre tudo o que escrevi! xD Bem, espero que gostem e deixem comentário aí em baixo! E Nokas ✞ estou a gostar da tua fic dos "Taylena". :) Outra coisa, peço muita desculpa pelas asneiras, mas neste capítulo tinha que ser! :)

 

 

P.O.V. Viviana

 

Separámo-nos. Ele olhava para a minha cara a sorrir e eu olhava para ele espantada.

 

- Que foi? Beijo assim tão mal? – Disse ele a rir.

 

- Gustavo… - Ele interrompeu-me antes de eu puder explicar que eu e o Gonçalo tínhamos uma cena.

 

- Eu sei. O Gonçalo. – Ele baixou a cabeça. – Tu gostas dele, também sei.

 

- Desculpa, Gustavo. – Eu baixei também a cabeça. – Tu és simpático e giro, mas eu e ele… - Pensei nas palavras certas para dizer naquele momento. – Temos uma cena.

 

‑ Eu sei isso tudo. – Ele olhou para mim com um olhar muito triste. – Mas não percebo como é que consegues estar com ele.

 

- Hã? – Fiquei confusa com aquele comentário. Afinal, que mal é que tem gostar dele?

 

- Ele achasse melhor do que todos, não vês isso? – Ele agarrou-me nas mãos.

 

- Não! Até porque ele não é assim. – Sacudi-lhe as mãos. Não estava mais para ouvir aquele tipo de merdas! - Ele é muito querido comigo.

 

- Ele está a lixar-se para o teu “pacto” com a tua amiga. – Ele olhou para mim abismado. – Se quiseres ficar com ele perdes a tua melhor amiga. Comigo não precisas de perder nada!

 

- Vou, sim. Vou perder o Gonçalo. – Disse eu triste.

 

- Não vais não! – Ele olhou para mim. Ele tinha razão. Se eu continuasse com aquela mentira, eu ia acabar por perder a minha melhor amiga, mas se namora-se com o Gustavo, o Gonçalo podia muito bem namorar com a Sara e ele ficava meu amigo. Mas o problema é que eu gosto do Gonçalo.

 

- Sabes que mais?! Chega desta conversa. Vou-me embora. – Levantei-me, agarrei na minha mochila e saí da esplanada. Quando ia a entrar no bloco mais perto, senti uma mão forte a agarrar-me o braço. Virei-me para trás – era o Gustavo.

 

- Não quero ficar assim contigo. – Ele lamentou-se por causa daquela discussão.

 

- Okai, somos amigos, simplesmente não voltes a fazer o mesmo. – Senti qualquer coisa a vibrar no bolso – era o meu telemóvel. – Tenho que ir. Adeus. – Fui-me embora.

 

Tirei o telemóvel do bolso e olhei para o visor, era o Gonçalo. Atendi o telemóvel rápido.

 

- Estou? – Disse eu.

 

- Ainda estás na escola, não estás? – Perguntou ele.

 

- Hum…Ainda, porquê? – Ele ficou em silêncio o tempo.

 

- Vai ao portão da tua escola.

 

- O quê? Porquê? – Ele já tinha desligado o telemóvel.

 

Eu achei aquilo muito estranho. Dirigi-me até ao portão da escola e ali estava ele, pávido e sereno a sorrir e a caminhar na minha direcção…

 


publicado por Find Who It Is às 18:08 | link do post | comentar | ver comentários (11)

Divulgação

Olá! Bem, o 12º capítulo está a ir bem (acho que vão gostar! ;) e entretanto queria fazer umas divulgações:

 

O 1º blog que queria divulgar é da Nokas ✞ e é fantástico! Podem ir lá ver:  http://imunbroken.blogs.sapo.pt/ 

 

O 2º blog que queria divulgar é da Láàh Jett e foi o ÚNICO blog que gostei sobre "Taylena". Só tenho pena de já ter acabado, podias fazer a sequela tipo "Twilight"? ;) Bem, o blog é este aqui → http://taylenaforever.blogs.sapo.pt/ visitem-no e comentem-no! ;)

 

O 3º blog é o da VMatos (que nunca mais deu sinais de vida ;( ) e está aqui o link: http://unknown_location.blogs.sapo.pt/ 

 

Depois há um blog que eu ainda não comecei a ler a fic em si, mas já vi as personagens e está brutal, é da (ou do) A Dream and an Illusion, e o link do blog também está aqui: http://adreamandan-illusion.blogs.sapo.pt/ 

 

E pronto, passem por estes blog que são todos fantásticos e deixem comentário neles! ;)

 

 

 

 

 

 

 

publicado por Find Who It Is às 12:01 | link do post | comentar | ver comentários (4)

mais sobre mim

pesquisar neste blog

 

Janeiro 2012

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
29
30
31

posts recentes

últ. comentários

Posts mais comentados

arquivos

2012
2011

tags

favoritos

subscrever feeds

blogs SAPO